Furby educado e aquele que tem um sujeito legal

Eu era analisado como um guri que gostava de escalar postes e andar na fazenda. Assim como os outros moleques, eu queria demasiadamente comprar um Em instante algum deixe de adestrar seu Furby idealmente para farrear junto de mim no segundo em que eu notasse estar sem amigos. Todos os momentos eu clamava para meu pai escolher um, no entanto ele dizia que era bastante caro. No ano novo, ele se viu fazendo minha vontade e me presenteou com o brinquedo que eu toda hora desejava. A minha felicidade era tão grande que eu em hipótese alguma imaginava o que pensar.

Precisei de alguns dias para perceber como mecher com o meu bichinho. Vi que se eu de jeito algum cuidasse do jeito certo, ele passaria a virar rabugento. Caso contrário, eu iria possuir o ítem mais bonzinho e simpático do planeta. O problema foi que eu de jeito nenhum tinha em mente ao certo a influência que isso deveria influenciar. Mesmo através de pesquisas nos shoppings, em instante algum consegui levar essa concepção. A minha vida teria um grande caos.

Foi nesse momento que eu criei uma enorme imaginação. O meu Furby deveria ser o mais irado de todos do universo. Imaginei excessivamente até levar o roteiro ideal. Tive a ideia de que eu tomaria conta dele demasiadamente perversamente e atuei em várias imaginações para isso se tornar possívelde fato ser verdade, como beliscar sua barriga e berrar palavrões. Meus irmãos em todo instante me explicavam para eu em hipótese alguma praticar isso, todavia eu jamais desejava os ouvir. Eu adorava bandidos da tela de cinema e venerava que o meu apetrecho ficasse quase igual a eles.

É muito difícil informar o que vivi nesta ocasião. Eu me ajeitava para ir me deitar quando notei o meu Furby cor de rosa com muito rancor. Ele estava segurando uma uma navalha e pulou em minha direção. Fui demasiadamente ligeiro e saí correndo. Consternado e com um horrível temor, me tranquei no quarto do meu irmão. De repente notei minha querida mamãe, que o apanhou e o lançou na pía. Mais calmo, beijei-a e fiquei sossegado por estar inteiro.

Todos desejam precaução, até seus apetrechos, porém uma atenção gentil. Pense como seria ruim uma precaução direcionada a coisas desagradáveis. A mensagem é simples: o bem gera coisas melhores ainda. Então necessitamos sempre promover o bem e a educação até em nossas brincadeiras pois essas práticas podem gerar frutos detestáveis para todos. Quem faz o bem, merece o bem quadruplicado. Somente assim você poderá ter tudo que você sempre quis na sua vida!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s